Programação Cultural

Festival Morrostock lança edição em Porto Alegre com Liniker e Os Caramelows, Baiana System e Bloco da Laje

19510350_1792998924044386_6257343446156357552_n

Em Porto Alegre, neste sábado (16), a partir das 16h, acontece o MORROSTOCK POAA | Povo, Amor e Arte, evento que realizará encontro inédito com Liniker e Os Caramelows, Baiana System e Bloco da Laje, o festival contará com um novo palco e receberá artistas da nova música feita no sul, como: Alice Kranen, Bando Celta e Zahira Razi Grupo, A Flor e o Et, Kiai Grupo, Louis&Anas, Madame Bogardan, Paola Kirst, Quarto Sensorial, SUPERVÃO e Três Marias.

A edição porto-alegrense foi criada para trazer boas vibrações do Festival Morrostock, que acontece anualmente em Santa Maria/RS, para Porto Alegre abrindo espaço para artistas que simbolizem diversidade, igualdade e coletividade. A representatividade e o swing da cantora Liniker, somada à batida pesadona da banda Baiana System e à catarse dionisíaca do Bloco da Laje prometem ser uma festa transcendental. E mais: o festival terá um acampamento urbano, um festim pagão promovido pelo Bando celta e o grupo Zahira Razi e ainda o Brick de Desapegos, o mais querido brick da cidade.

Garanta seu Ingresso:
Segundo lote: R$ 90,00 meia-entrada | R$ 180,00 inteira | R$ 100 promo*
* O ingresso promocional é acessível a todos mediante entrega de 1kg de alimento não perecível na bilheteria do evento
Online: http://bit.ly/IngressosMorroPOAA
Venda presencial: Lojas Youcom (Porto Alegre, Canoas, São Leopoldo e Novo Hamburgo), Multisom – Andradas e Marquise 51 (Av. Cristóvão Colombo, 51)
Apoio: Kapo, Cachaça Chica, Espaço Cultural 512, Fluxo Music Branding, Tantan, Ibis Styles, Cozinheiros do Bem, Brick de Desapegos, Toca Audiovisual e Cabify
Realização: Marquise 51 | Nomad – Gamana | Todt Produções | Opinião Produtora

 

 

Sobre as bandas:

Baiana System

BS_fotoJardel Souza

É música em movimento. Cada show é único, seguindo a linguagem sound system: que constrói e desconstrói as faixas já existentes, testa as novas e resgata versos antigos, levando a sério a expressão “live”. Sim, o BaianaSystem faz de sua performance uma experiência audiovisual que nunca se repete. O repertório de som e imagem do combo segue circulando pelo Brasil e conta com o premiado disco ‘Duas Cidades’, as faixas lançadas posteriormente “Invisível”,  Forasteiro” e “Capim Guiné” e ainda: novas inserções sonoras, trechos instrumentais inusitados, versos mais antigos – do disco BaianaSystem (2010) e do EP Pirata (2013) – resgatados e introduzidos de forma inovadora no show. Os riffs da guitarra baiana e os beats do combo misturam o peso da bass culture com o tempero baiano: a palavra das ruas para as ruas.

 

Bloco da Lage


blocodalaje5
é um sonho coletivo. Espaço-pulmão para diversos grupos artísticos, espaço-expressão para um grande grupo de pessoas que só quer brincar a vida e se encontrar nas ruas da cidade para trocar experiência e afeto, espaço-político para olhar no olho e refletir sobre o que estamos/estão fazendo com as cidades, com as pessoas, com a natureza. Para todas as facetas desse organismo, o Bloco da Laje dá o seguinte recado: há que se despertar para o essencial, sensibilizar-se com o universo que nos cerca, aproximar-se dos corações para que nossas escolhas e movimentos sejam certeiros, fortes, transformadores! Na estrada desde 2011, vem se apresentando em grandes festivais brasileiros, como o Psicodália e Morrostock. Em 2013 foi contemplado com o Fundo de Apoio à Cultura (FAC) do Governo do Estado do Rio Grande do Sul e, com esse prêmio, realizou um mergulho na história do Carnaval de Rua de Porto Alegre, com seminários sobre o tema e cortejos pelas ruas da cidade. Esteve presente em edições da Virada Sustentável e do Festival Internacional de Teatro de Rua de Porto Alegre, entre outras apresentações, incluindo as edições de seu tradicional e bombástico carnaval de Porto Alegre.

 

Liniker e os Caramelows

liniker-e-os-caramelows-e1522960644895

Muito mais do que números, a banda , natural de Araraquara – cidade do interior de São Paulo -, acumula histórias para contar de uma trajetória que está sendo construída de maneira cuidadosa, incluindo a turnê de norte a sul do Brasil com o disco de estrei, Remonta (2016). Shows em festivais e palcos importantes, entre eles Bananada (GO), MADA (RN), Psicodália (SC), Coala (SP), Popload (SP), MECA (MG), Rec-Beat (PE), Rock In Rio (RJ), Circo Voador (RJ), Auditório Ibirapuera (SP) e Concha Acústica do Teatro Castro Alves (BA), projetaram Liniker e os Caramelows de forma que foi possível marcar as primeiras turnês internacionais da banda.

Em 2017, as músicas da cantora e compositora Liniker Barros cruzaram fronteiras. Além de datas nos Estados Unidos, onde foi escalado para tocar no SXSW (TX) e Brasil Summerfest (NY), o grupo, que tem na formação Renata Éssis (backing vocals), Marja Lenski (percussão), Rafael Barone (baixo), William Zaharanszki (guitarra), Péricles Zuanon (bateria), Fernando TRZ (teclados), Graziella Pizani (trompete) e Eder Araújo (saxofone), teve uma longa agenda no verão Europeu. Foram 12 shows no Velho Continente. A passagem contemplou França, Alemanha, Inglaterra, Portugal e Espanha, entre eles, o Festival Primavera Sound em Barcelona.O primeiro passo pela América Latina também foi dado neste ano. Liniker e os Caramelows fizeram sua estreia na Colômbia com datas quentes em Bogotá e Medellín. Houve tempo ainda para mergulhar nas águas do Lago Paranoá, em Brasília, para gravar o videoclipe de “Sem Nome, Mas Com Endereço ”, dirigido por Sabrina Duarte, com mais de 200 mil visualizações no primeiro mês no ar.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s